Educação Ambiental e Política dos 3 R’s

Em 2 de setembro de 2007, por Rafael Rocha

Política dos 3 R'sA Educação Ambiental (EA) é um tema cada vez mais tratado nas escolas brasileiras. Em algumas delas, há até uma certa carga horária destinada à conscientização ambiental dos alunos.

Um dos enfoques desse tipo de educação deveria se pautar na Política ou Pedagogia dos 3 R’s (reduzir, reutilizar e reciclar), porém, nem sempre esses três assuntos são tratados de maneira igualitária.

Philippe Layargues, doutor em Ciências Sociais da Unicamp, tem um texto interessantíssimo que trata do assunto, chamado O Cinismo da Reciclagem: o significado ideológico da reciclagem da lata de alumínio e suas implicações para a educação ambiental* – leia o artigo em .pdf aqui.

O texto nos apresenta dois discursos ambientais, o oficial e o alternativo. Este último, mais usado pelos ambientalistas, defende um trabalho persistente no R de reduzir da Pedagodia dos 3 R’s, além de trabalhar os outros dois. Este R trata, no caso, da redução do consumo, o que atacaria diretamente o nosso mercado capitalista e consumista.

É aí que entra então o discurso oficial. Este valoriza apenas o R da reciclagem, o qual não apresentaria impacto nenhum na economia e nos impostos gerados pelo consumismo que são pagos ao governo.

Sendo assim, o autor questiona o enfoque dado pelo ensino ambiental brasileiro, que, segundo ele, segue os padrões do discurso oficial. Através de dados mostrados no texto, pode-se entender que só a reciclagem possui pouco impacto benéfico no ambiente. Um sistema que realmente valorizasse os 3 R’s – sem se preocupar com as empresas, mas sim com o bem do meio-ambiente – teria resultados muito mais significativos no nosso planeta.

O texto é de 2002, gostaria que discutíssemos aqui se alguma mudança foi feita na Educação Ambiental nesses últimos anos e quais enfoques seriam interessantes para se tratar deste assunto com alunos de diversas idades.

Um pouco mais de cada R

  • Reduzir: consiste em tentarmos reduzir a quantidade que produzimos de lixo, como por exemplo, comprar produtos mais duráveis e evitar trocá-los por qualquer novidade no mercado.
  • Reutilizar: Procurar embalagens, por exemplo, que possam ser usadas mais de uma vez – como garrafas retornáveis de vidro. Ou quem sabe, criar novas utilidades para as que você não precisa mais.
  • Reciclar: o mais conhecido dos 3 R’s; consiste em transformar um produto-resíduo em outro, visando diminuir o consumo de matéria-prima extraída da natureza.

É importante lembrar que, para obtermos um bom resultado na melhoria do meio-ambiente, os 3 R’s devem ser trabalhados igualmente.

Mais links interessantes


*LAYARGUES, Philippe. O cinismo da reciclagem: o significado ideológico da reciclagem da lata de alumínio e suas implicações para a educação ambiental. LOUREIRO, F.; LAYARGUES, P.; CASTRO, R. (Orgs.) Educação ambiental: repensando o espaço da cidadania. São Paulo: Cortez, 2002, 179-220.

52 Comments

  1. biofit.tv.br disse:

    Pelos posts que eu tenho lido aqui pelo teu blog, vejo que és é
    uma pessoa bastante experiente, continua o bom trabalho

  2. One day, when we were playing Pictionary with our grown children, I was afforded the honor to be my lady’s partner.
    I have personally used Meratol for the number of months now, and I have personally had great results by it.
    What about Dom Barber’s holding call that damaged
    an Andre Davis TD return just before the end in the first half.

Deixe sua opinião

Levando em conta a proposta do site, os comentários devem ser utilizados para discussão e expressão de idéias e opiniões sobre o artigo "Educação Ambiental e Política dos 3 R’s"